Resultante do cruzamento do pêssego com a ameixa vermelha, a nectarina é uma das frutas que fazem bastante sucesso nas ceias de final de ano, quando geralmente é apreciada "in natura". Pode ainda ser usada no preparo de doces, geleias e sorvetes ou então para incrementar saladas ou molhos agridoces para acompanhar carnes e peixes

Durante o ano, as nectarinas por aqui vendidas costumam ser importadas de países como Espanha e Itália. Mais para o final do ano, chegam as frutas argentinas, além, é claro, das nacionais, onde o cultivo é mais concentrado nas regiões Sul e Sudeste do país, sobretudo nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Do ponto de vista nutricional, a nectarina é rica em vitamina A e niacina (vitamina do complexo B) e possui, em menor quantidade, vitaminas C, K e B5, além de ferro e pectina, componente que ajuda a controlar os níveis de colesterol do sangue. É ainda digestiva, diurética e pouco calórica (cada unidade tem cerca de 50 calorias).